Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/ÁGUA E CIÊNCIA/Plataforma virtual divulga boas práticas para o desenvolvimento sustentável

ÁGUA E CIÊNCIA

Ter, 02 de Setembro de 2014 12:45

Plataforma virtual divulga boas práticas para o desenvolvimento sustentável

Escrito por  Vacy Alvaro

O Brasil vem assumindo uma posição importante perante a comunidade internacional e na Estratégia de Cooperação Sul-Sul, um mecanismo de desenvolvimento conjunto entre países emergentes em resposta a desafios comuns como a superação da pobreza extrema e a fome. 

Visando divulgar experiências de sucesso desenvolvidas no Sul do Brasil nas temáticas Meio Ambiente, Agricultura, Segurança Alimentar e Nutricional, Energias Renováveis e Inclusão Sócio Produtivas, foi criada a Plataforma de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável. 

A plataforma é virtual e resultado de um acordo firmado entre a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Itaipu Binacional, Governo do Estado do Paraná, Fundação Parque Tecnológico Itaipu e Centro Internacional de Hidroinformática (CIH). 

De acordo com Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, a intenção é que a plataforma se torne um ambiente virtual para a disseminação e compartilhamento de experiências de sucesso: 

“(A ideia é mostrar as) boas práticas que o Brasil pode oferecer para outros países, seja da África, seja da América Latina ou onde for. O que temos que fazer é colocar numa plataforma que seja acessível, que seja amigável e principalmente que tenhamos a promoção dessa plataforma nos países que vão utilizar ou que podem se interessar nas boas práticas para depois as adotarem. Depois podemos ter visitas, trazer eles para verem as práticas ou simplesmente que eles entrem em contato com os geradores das boas práticas. Então a plataforma é central para esse trabalho que estamos tentando fazer de facilitar a cooperação do Brasil com outros países a partir de experiências bem sucedidas e de experiências concretas”.

Carlos Biasi, oficial de projetos da FAO na Região Sul, explicou que a plataforma será dividida em cinco eixos principais:

“Um eixo que diz respeito a agricultura, envolvendo lavouras, criações, florestas; um outro eixo que diz respeito ao meio ambiente que envolve todos os aspectos do meio ambiente, seja a educação ambiental, seja o manejo de solos; um outro diz respeito às energias renováveis onde estão incluídas questões relacionadas ao biogás, aos biodigestores, energia eólica e energia hidráulica; um quarto que diz respeito à segurança alimentar e nutricional (o que nós temos hoje de políticas públicas, de programa nacional de aquisição de alimentos, programa nacional de alimentos escolares); e um quinto que diz respeito à questão da inclusão sócio produtiva, onde estão boas práticas relacionadas ao turismo, por exemplo, que existem aqui na região Oeste do Paraná e outros estados, questões relacionadas a habitação rural, a agroindústria. Todas elas poderão estar inseridas nisso mostrando e apresentando o que tem de bom em termos de trabalhos desenvolvidos na região sul do Brasil”. 

O Centro Internacional de Hidroinformática (CIH) foi responsável pelo desenvolvimento da plataforma utilizando tecnologias de software livre e a expertise que já possui no desenvolvimento de Soluções Web para a Gestão Territorial. A Plataforma de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável está na fase de inclusão das experiências e já está disponível no site www.boaspraticas.org.br. 

Última modificação feita em Qui, 25 de Setembro de 2014 09:14
Avalie este artigo
(0 votos)
Vacy Alvaro

Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados