Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/ÁGUA E CIÊNCIA/Implantação de aeroporto pode impulsionar arrecadação do Parque Nacional da Serra da Capivara

ÁGUA E CIÊNCIA

Seg, 10 de Agosto de 2015 15:06

Implantação de aeroporto pode impulsionar arrecadação do Parque Nacional da Serra da Capivara

Escrito por  João Mota

Localizado no Piauí, o Parque Nacional da Serra da Capivara é tombado pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade. A unidade de conservação possui a maior concentração de sítios arqueológicos das Américas, com uma grande quantidade de pinturas e gravuras rupestres.

O Parque – que é administrado pela Fundação Museu do Homem Americano (Fundham) - reúne um acervo de vestigios humanos datados de mais de 30 mil anos. Porém, sem fonte fixa de renda, o parque depende de repasses do governo, além de parcerias e doações.

O dinheiro repassado atualmente ainda não é suficiente para cobrir o custo anual de R$ 3,6 milhões, entretanto essa situação pode ser resolvida em breve com a inauguração do Aeroporto Internacional da Serra da Capivara, prevista ainda para este ano. Um dos entraves era a falta de homologação da pista pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Com uma grande quantidade de pinturas e gravuras rupestres, o parque possui a maior concentração de sítios arqueológicos das Américas.

A expectativa é que o a estrutura do parque e do museu sejam mantidas com o maior tráfego de turistas na região, conforme explica Niédie Guidon, arqueóloga e presidente da Fundham:

“Aqui foi feito um estudo e nós poderiamos ter cerca de seis milhões de turistas por ano, o que representaria uma quantidade de recursos que permitiria que o Parque Nacional fosse mantido. Infelizmente, sem esse aeroporto, nós estamos nessa situação.”


A homologação da pista é também a condição exigida para que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) libere mais de R$ 13 milhões para a construção de um novo museu na cidade - o Museu da Natureza. Entre as atrações do local está a exposição de fósseis de espécies da macrofauna que habitavam a região. Niédi Guidon fala da importância social dos atrativos para a localidade:

“O Parque Nacional, o Museu e o turismo são as únicas fontes de trabalho nessa região. É uma região extremamente seca. O solo é cheio de pedras, é muito salgado, então aqui realmente a agricultura não dá recursos. A importância de tudo isso é manter a possibilidade dessa população de trabalhar e viver de uma maneira digna.”


Em parceria com outros órgãos ambientais, a Fumdham tem como missão garantir a preservação do Parque Nacional da Serra da Capivara, além de realizar pesquisas científicas interdisciplinares e promover a integração do patrimônio com a população local.

Avalie este artigo
(0 votos)

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados