Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/ÁGUA E CIÊNCIA/Em quatro anos, 265 mil toneladas de pneus velhos foram recolhidos no Paraná

ÁGUA E CIÊNCIA

Sáb, 12 de Março de 2016 14:00

Em quatro anos, 265 mil toneladas de pneus velhos foram recolhidos no Paraná

Escrito por  Vacy Alvaro
Desde 2012, o Governo do Paraná mantém um termo de compromisso assinado com o setor produtivo. Desde 2012, o Governo do Paraná mantém um termo de compromisso assinado com o setor produtivo.

Você sabia que após o término de sua vida útil, os pneus podem ser reaproveitados de diversas maneiras? A borracha moída pode ser transformada em asfalto ou ainda servir como combustível em fornos de indústria de cimento que possuem licenciamento ambiental para este tipo de atividade. 

Desde 2012, o Governo do Paraná mantém um termo de compromisso assinado com o setor produtivo, no qual fabricantes e importadores de pneus se comprometem em coletar e dar uma destinação final aos produtos inservíveis. Desde que foi firmado o acordo com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, mais de 265 mil toneladas de pneus sem condições de uso foram retirados de circulação em todo o Estado, uma média de aproximadamente 60 mil toneladas por ano. 

Segundo o coordenador de Resíduos Sólidos da Secretaria, Vinício Bruni, o serviço é um cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Ele também explica como funciona a logística reversa: 

“Desde 2010, a Política (Nacional de Resíduos Sólidos) já estabelece, pelo sistema de logística reversa, essa obrigação. Então são várias cadeias produtivas que tem esse compromisso. A cadeia toda deve trabalhar para que esse pneu, esses materiais e essas embalagens retornem à sua origem. É fundamental a participação do consumidor. Se ele não fizer a parte dele, não é possível chegar ao objetivo. Tem que começar pelo consumidor desenvolvendo para a loja (varejo), aí ele retorna através de um sistema de transporte combinado por cada cadeia, para a própria fábrica ou para alguém que ela indica, e assim ocorre a transformação de cada produto”. 

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) é responsável pelo licenciamento ambiental do coprocessamento do pneu e pela fiscalização. Ao todo, 91 municípios contam com pontos de coleta dos materiais. Além da questão ambiental, outra preocupação evidente é evitar o surgimento de focos de proliferação do mosquito da dengue. 

Última modificação feita em Sáb, 12 de Março de 2016 14:04
Avalie este artigo
(0 votos)
Vacy Alvaro

Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2020 • Todos os Direitos Reservados