Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/ÁGUA E CIÊNCIA/Práticas sustentáveis são desenvolvidas em colégio do Oeste do PR

ÁGUA E CIÊNCIA

Sex, 29 de Abril de 2016 14:18

Práticas sustentáveis são desenvolvidas em colégio do Oeste do PR

Escrito por  Vacy Alvaro
A água da chuva, agora é armazenada em uma cisterna e reaproveitada para atividades como a irrigação da horta e a limpeza do ambiente. A água da chuva, agora é armazenada em uma cisterna e reaproveitada para atividades como a irrigação da horta e a limpeza do ambiente.

O respeito à natureza e o incentivo ao uso racional dos recursos naturais fazem parte da rotina dos estudantes do Colégio Cristo Rei, de Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná. Por meio de um projeto liderado pelo Grêmio Estudantil em parceria com a Associação de Pais e Mestres, o pátio do educandário foi revitalizado e ganhou um jardim. A água da chuva, agora é armazenada em uma cisterna e reaproveitada para atividades como a irrigação da horta e a limpeza do ambiente.

A mais nova aposta do Colégio está na utilização da energia solar. Com engajamento dos alunos e a ajuda de parceiros, no local foram instalados 40 módulos solares, que permitirão a produção de aproximadamente 1.400 kWh/hora por mês, o equivalente a quase 40% de toda a energia consumida no colégio.

De acordo com o diretor do Colégio Cristo Rei, Roque Cezar Barbosa, a expectativa é que o custo total do projeto, algo em torno de R$100 mil, seja totalmente quitado até 2018, quando uma nova etapa do projeto pode ser iniciada:

“O nosso consumo médio gira em torno de 3.800 kWh/mês. Então uma redução de consumo de energia de aproximadamente 40%. Como o sistema é modular, pode ser ampliado até para 100% no futuro. Por outro lado, para nós o que conta e o que é bonito dentro desse sistema, foi o envolvimento dos nossos alunos. O colégio apoiou, mas a grande iniciativa foi deles. Eles lançaram esse projeto para a sociedade, buscando parceiros. A parte positiva da instalação desse projeto é que ele auto se paga. Com a própria diminuição do consumo de energia elétrica por parte do colégio, esse dinheiro que estamos economizando através do sistema, praticamente vai zerar a nossa despesa mensal pela instalação. A estimativa é que até o final do ano de 2018 já esteja quitada essa instalação. Então poderemos dar sequência ao projeto, ampliando a quantidade de placas”. 

O diretor também comentou sobre a importância de trazer estes conceitos de sustentabilidade para a sala de aula:

“Aprender conteúdo por conteúdo não nos torna melhores. Mas quando aplicamos esses conhecimentos na prática (visitando um lugar que precisa, vendo um rio que está sujo, visitando uma nascente), ele ganha uma dimensão nova. A aplicabilidade desse conhecimento traz um valor que jamais será esquecido por eles. É trabalhada muito forte essa preocupação com o meio social, com a natureza, a questão da sustentabilidade, economia, a necessidade de banhos mais curtos, de se captar água, de se ter em casa uma horta para produzir dentro do nosso quintal do nosso terreno, de trabalhar a terra… todos os segmentos são trabalhados”. 

A maioria das ideias sustentáveis aplicadas no Colégio Cristo Rei surgiram dos próprios alunos. Para viabilizar a execução das obras, o colégio contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Marechal Cândido Rondon, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), empresas e outros profissionais liberais. 

Última modificação feita em Qua, 04 de Maio de 2016 13:49
Avalie este artigo
(0 votos)
Vacy Alvaro

Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados