Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/MUNDO ÁGUA/Boas Práticas/Engenheiro desenvolve sistema de energia solar fotovoltaica em Foz do Iguaçu
Erro
  • JUser::_load: Unable to load user with id: 32039
Sex, 03 de Outubro de 2014 12:11

Engenheiro desenvolve sistema de energia solar fotovoltaica em Foz do Iguaçu

Escrito por  Vacy Alvaro

Em 2012, a resolução nº 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) liberou a microgeração e minigeração de energia elétrica a partir de fontes renováveis no país. A resolução serviu de estímulo para os interessados no desenvolvimento de alternativas de geração de energia menos nocivas ao meio ambiente, como o caso do engenheiro eletricista Luiz Ricardo Colman*, de Foz do Iguaçu (PR).

A partir de pesquisas realizadas em feiras internacionais há três anos atrás, em países como China e Itália, ele elaborou um projeto pioneiro de usinas de energia solar de pequeno porte para a produção de energia elétrica e consumo no próprio local de instalação, seja em residências, estabelecimentos comerciais, instituições de ensino e pesquisa, entre outros. 

No projeto, módulos solares captam a radiação solar e a transformam em eletricidade, chegando a níveis de potência satisfatórios para atender a alimentação de um estabelecimento por completo e assim gerar economia por meio de custos evitados com a compra de energia da concessionária local.

O engenheiro comenta que, além do sistema, um dos pontos principais do projeto é conscientizar a população em relação a esse tipo de energia: 

“Estamos fazendo uma campanha de conscientização e incentivos de implantação de usinas solares de pequeno porte aqui em Foz do Iguaçu, Além de economia, a campanha promove a questão sustentável de consumir energia limpa sem prejudicar o meio ambiente. Estamos notando que a população está se atentando para esse crescimento da energia solar no país, embora ela não conheça muito sobre essa tecnologia. Há muito conflito ainda de entendimento entre as tecnologias do segmento solar. Por exemplo, nós temos hoje a energia solar térmica - que é a mais conhecida,  que são aqueles aquecedores solares que produzem água quente para a residência, para uso em banho, cozinha, lavanderia – e nós temos também a energia solar fotovoltaica – que utiliza energia do sol para produzir energia elétrica para ser consumida na residência. São equipamentos totalmente distintos: um com a finalidade de produzir a energia térmica e o outro a energia elétrica”. 

Luiz Ricardo Colman afirma que os benefícios proporcionados pela energia solar ainda são pouco conhecidos pela população: 

“Estamos também fazendo algumas publicações via mídias sociais divulgando esses benefícios, ou seja, com a implantação da usina solar na residência quais foram os resultados colhidos? A gente vem observando - nestes três meses iniciais que a usina está operando de forma constante no sistema - uma economia grande em termos de consumo de energia elétrica da concessionária. Nas três contas que vieram da Copel (Companhia Paranaense de Energia) nós conseguimos atingir uma economia significativa, pagando apenas o mínimo pela energia, em torno de R$ 100,00 mensais. E essa usina foi implantada numa residência de 450 metros quadrados, onde reside hoje quatro pessoas. Essa residência tem um perfil de consumo de energia em torno de 950 kW/h por mês. Se não houvesse essa usina implementada hoje nessa residência, eles estariam pagando em torno de R$ 450,00 de energia por mês”. 

As concessionárias de energia são responsáveis pelo levantamento em relação a energia consumida da concessionária e a produzida pelo sistema de energia solar no estabelecimento do consumidor. Caso consuma mais energia da concessionária do que produziu dentro de um período, o cliente é responsável por pagar apenas a diferença do consumo. Já se a produção é superior ao consumo, o cliente ganha créditos de energia para serem consumidos em até 36 meses. 


*Luiz Ricardo Colman, é mestre em sistemas de energia pela Universidade Estadual Paulista – UNESP e especialista em gerenciamento de projetos pela FGV. Possui significativa experiência em sistemas de geração e cogeração de energia elétrica através de fontes renováveis tendo atuado no setor através de empresa multinacional líder no mercado de energias renováveis. Atualmente é consultor na área de energia e professor do curso de graduação de Engenharia Elétrica na Universidade Dinâmica das Cataratas. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Última modificação feita em Seg, 27 de Outubro de 2014 13:45
Avalie este artigo
(0 votos)
Vacy Alvaro

Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados