Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/MUNDO ÁGUA/Boas Práticas/Latinoware 2014: software livre pode trazer contribuições para minimizar crise da água
Erro
  • JUser::_load: Unable to load user with id: 32039
Qua, 22 de Outubro de 2014 09:03

Latinoware 2014: software livre pode trazer contribuições para minimizar crise da água

Escrito por  Vacy Alvaro
Foto: Assessoria Latinoware 2014 Foto: Assessoria Latinoware 2014

A crise hídrica vivenciada pelo Brasil deve ser tratada de maneira interdisciplinar segundo o pesquisador e doutor em Química, Nei Marcos Grimaldi. A afirmação foi dada durante a 11ª Conferência Latino-Americana de Software Livre (Latinoware), realizada em Foz do Iguaçu (PR) entre os dias 15 e 17 de outubro.

Na palestra que ministrou, Grimaldi estimulou o debate sobre possíveis contribuições do software livre e do hardware livre visando aumentar a segurança hídrica no Brasil e no mundo. 

"Eu gosto de dizer que o primeiro passo é conhecer, se aproximar do tema sem medo. O desconhecido geralmente desperta insegurança, nós muitas vezes nos sentimos muito seguros dentro daquela área que é a nossa especialidade, que já está bem constituída e definida. Quando se fala de água é um assunto que desperta em muitas pessoas insegurança (profissionais especificamente no caso de software e hardware, muitos deles, estão fora do tema e acompanham pela mídia). Então a mensagem que a gente traz é mostrar que esses profissionais têm nas mãos um conhecimento, capacitações que são muito importantes”.

Grimaldi também comentou sobre experimentos de automação na área agrícola e no monitoramento da qualidade da água, citando ferramentas livres que podem se integrar em uma rede de conhecimentos para que as corporações e os indivíduos possam otimizar o uso dos recursos hídricos, sobretudo em atividades relacionadas à agricultura familiar. 

“Quando a gente lembra que de 70% a 80% da comida que está na nossa mesa vem do pequeno proprietário e que esse pequeno proprietário não tem acesso à tecnologia a gente vai perceber que tem um negócio que precisa ser feito. Empresas tem, tecnologias tem (e muito sofisticadas), mas estão voltadas para os grandes clientes. É aí que eu acho que, principalmente, o espírito empreendedor, essas startups, esses jovens que estão aí pensando em oportunidades de negócios, que olhem também o modelo de software livre voltado para essa 'automação de varejo': é economicamente viável (ajustado a esse mercado) e vai com certeza trazer grandes benefícios para nós consumidores”.

Nei Marcos Grimaldi é o idealizador do site “Água – Um olhar integrado”, disponível em www.c2o.pro.br. Na página, o pesquisador compartilha suas experiências com o uso de software livre e hardware livre (Arduino) na automação em laboratórios de águas.

Última modificação feita em Seg, 17 de Novembro de 2014 15:39
Avalie este artigo
(0 votos)
Vacy Alvaro

Vacy Alvaro

Jornalista/Fundação Parque Tecnológico Itaipu

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2020 • Todos os Direitos Reservados