Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/CONTEÚDOS/MUNDO ÁGUA/Boas Práticas/Energia solar vai ajudar na produção de gelo para comunidades ribeirinhas da Amazônia
Qua, 30 de Setembro de 2015 16:07

Energia solar vai ajudar na produção de gelo para comunidades ribeirinhas da Amazônia

Escrito por  Patrícia de Castro

Uma tecnologia inovadora vai ajudar a aumentar a renda e melhorar a vida nas comunidades isoladas da Amazônia. Os moradores destas regiões sofrem com a grande dificuldade para conservar os alimentos para consumo. O projeto Gelo Solar, desenvolvido pelo  Instituto Mamirauá, consiste na instalação de máquinas de gelo que funcionam utilizando energia solar. 

A tecnologia do projeto, desenvolvida pelo Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE-USP), consiste em 60 painéis que captam a energia do sol. O equipamento possui um sistema fotovoltaico que dispensa o uso de baterias.

De acordo com o engenheiro técnico do Instituto Mamirauá, Felipe Jacob, as famílias amazônicas precisam viajar até os centros urbanos para comprar gelo, uma viagem que chega durar cerca de 15 horas, de barco. Por causa da distância, embarcações vendem produtos e gelo para os moradores, mas o preço cobrado é o dobro. O que prejudica as famílias, que já não contam com uma renda familiar estável. 

“A máquina se parece com um freezer, dentro dela tem algumas formas grandes, que formam gelo em barras. São nove formas em cada maquina, totalizando trinta quilos de gelo por maquina. Ela funciona como energia solar. Essa máquina já é vendida no modelo tradicional, o que foi feito foram algumas modificações para que ela funcionasse com energia solar, já pensando em comunidades isoladas.”

O funcionamento das máquinas inicia logo cedo com os primeiros raios do sol, e encerra ao final do dia. No local também serão instalados sistemas de catação de água de chuva, que será utilizada para produção do gelo. 

As máquinas de gelo, já estão instaladas na comunidade Vila Nova do Amanã, que poderá comercializar uma de suas culturas, o pescado. Cada aparelho possui a capacidade de produzir, em torno de 90 quilos de gelo ao dia, beneficiando cerca de 60 moradores. Os moradores também estão recebendo oficinas sobre a utilização dos equipamentos, promovidas pelo Instituto Mamirauá.

Escrito por Patrícia de Castro com supervisão Poliana Corrêa.













Última modificação feita em Sex, 27 de Novembro de 2015 13:57
Avalie este artigo
(0 votos)

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados