Logo Web Radio Água

Você está aqui:Início/BLOGS/Banho de cinco minutos é bom para a pele e para o meio ambiente
Erro
  • JUser::_load: Unable to load user with id: 32039
Dom, 06 de Novembro de 2011 13:03

Banho de cinco minutos é bom para a pele e para o meio ambiente

Escrito por  Beloni Celso

capa.jpg

Diminuir o tempo no chuveiro traz benefícios para a pele e para o meio ambiente/Foto:MariJares

O gasto em média de uma ducha em um apartamento com boa vazão de água é de 160 litros em 10 minutos.  Segundo a dermatologista Márcia Purceli, ao Portal G1, metade deste tempo, ou seja cinco minutos, é suficiente para um banho saudável, melhor para nossa pele e para a natureza.

Uma pesquisa realizada pela consultoria TNS Global Market Research em dez países, no ano de 2010, indica que os brasileiros ligam o chuveiro em média 20 vezes por semana, três ao dia, o que os tornam recordistas mundial na hora do banho. Depois aparecem os russos, com 8,4 banhos semanais; japoneses com 7,9; franceses 7,7; americanos 7,4; alemães e italianos com 6,1; britânicos 5,6; chineses 4,9; e indianos com 3 banhos por semana.

Para especialistas, além do gasto de água, o exagero de banho dos brasileiros pode colocar em risco a saúde da pele. O excesso faz com que a pele se torne mais ressecada e, então, mais propícia a inflamações (dermatites), que provocam vermelhidão e coceiras.

A temperatura da água também determina a condição de uma pele saudável, assim como os tipos de impactos que podem trazer ao meio ambiente. A especialista Purceli explica que o banho quente remove a camada de gordura fundamental para a lubrificação da pele, tornando-a ressecada e propícia a contaminação de fungos e bactérias. O banho frio também não é uma boa opção por mudar drasticamente a temperatura do corpo, que é de cerca de 36ºC. O ideal é que o banho seja morno, em temperatura parecida com a do corpo.

O consenso entre dermatologistas é que um a dois banhos por dia, em períodos que variam de três a oito minutos, são suficientes. E a utilização do sabonete deve se concentrar somente nas áreas importantes para o odor, como as axilas, órgãos genitais, bumbum e pés. Isso porque o sabonete é um dos grandes vilões na eliminação de gordura da pele e seu uso deve ser moderado, ou seja, pelo menor tempo possível.

Ideias de práticas sustentáveis para um banho saudável e ecologicamente correto podem ser adotadas no dia a dia, como:

  • Na hora do banho, molhe-se, feche o chuveiro, se ensaboe e depois abra para se enxaguar.
  • Não fique com o chuveiro aberto. O consumo cairá de 180 para 48 litros.
  • Fazer xixi na hora da ducha economiza 20 litros de água por vez, segundo dados da Fundação SOS Mata Atlântica.
  • A utilização de shampoo e condicionador 2 em 1, também é uma boa maneira de reduzir o tempo no banho e diminuir pela metade a quantidade de embalagens utilizadas.

A dermatologista Márcia Puceli dar as dicas para manter a pele saudável:

  • Não ultrapasse os cinco minutos de duração.
  • Prefira água morna.
  • Lave os cabelos com frequência (diariamente ou em dias alternados).
  • Opte por toalhas felpudas, que absorvem mais água. Elas devem ser individuais e trocadas a cada dois dias para não criar fungos.
  • Não use o mesmo sabonete no rosto e no corpo. Nas partes mais ressecadas, o ideal é passar pouco sabonete.
  • Não use buchas, pois elas arrancam a oleosidade natural da pele.
  • Passe creme hidratante após o banho, quando os poros estão mais abertos e a pele absorve melhor.

(As informações são do G1)

Avalie este artigo
(0 votos)
Beloni Celso

Beloni Celso

Sou Bióloga/ Mestre em Engenharia Ambiental, docente Universitária e tutora em EAD. Acredito no desenvolvimento sustentável, voltado a uma economia que respeite os recursos naturais e que promova a igualdade social.

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Redes Sociais

  • Facebook: webradioagua
  • Linked In: webradioagua
  • Orkut: 15823632741848208134
  • Twitter: webradioagua
  • YouTube: webradioagua

Centro Internacional de Hidroinformática | Parque Tecnológico Itaipu
Av. Presidente Tancredo Neves, 6731 | CEP 85.867-900
Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil
+55 45 3576-7038

 

2019 • Todos os Direitos Reservados