Sex, 27 de Maio de 2016 10:40

CIBiogás tem o primeiro laboratório de biogás do Brasil acreditado pelo INMETRO

Escrito por  João Mota
O laboratório destaca-se por seguir  rigorosos padrões de qualidade em análises da produção do biogás O laboratório destaca-se por seguir rigorosos padrões de qualidade em análises da produção do biogás

O Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (Cibiogás), de Foz do iguaçu, no Oeste do Paraná,  conseguiu uma das mais importantes certificações técnicas do País, a norma ISO 17027, acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO). Com isso, o laboratório torna-se o primeiro do Brasil a atender rigorosos critérios exigidos mundialmente.

Com foco no objetivo, o Centro preparou-se, modificando a estrutura do local, capacitando os colaboradores e aperfeiçoando uma série de processos. Com o apoio da Itaipu, do Parque Tecnológico Itaipu, da Embrapa e da Universidade de Recursos Naturais e Ciências Aplicadas à Vida (BOKU), na Áustria, o laboratório destaca-se por seguir  rigorosos padrões de qualidade em análises da produção do biogás.

Os ensaios realizados pelo laboratório são importantes para que proprietários rurais e empresas saibam a quantidade e a qualidade dos seus dejetos de animais ou resíduos da agricultura para a produção de biogás e consequente geração de energia elétrica, térmica e veicular. 

Eduardo Trindade, gerente de desenvolvimento tecnológico do Cibiogás, comenta as expectativas em relação às atividades e projetos do laboratório, após a certificação:

“Com a certificação, nossos ensaios passam a ser referencia no País, por que não tem outro laboratório que faz a análise de biomassa e biogás, que tem essa certificação. A certeza da qualidades do resultados nos coloca à frente de qualquer qualificação de ensaios de biomassa que a gente possa analisar. Como nós somos um laboratório certificado e passamos a ser referência, um ponto importante dessa certificação, é que nós não temos laboratórios concorrentes. A nossa análise de biomassa só pode ser feita quando a biomassa está próxima ao laboratório. Um laboratório em Manaus, por exemplo, não seria nosso concorrente porque eu não posso pegar uma biomassa daqui e mandar para lá, porque até chegar lá ela já degradou, então é outra biomassa. Nosso interesse é passar essa experiencia para outras entidades que queiram montar laboratórios e a gente gostaria de ensinar, 'olha, o caminho das pedras é esse aqui'. O fato de ser um laboratório credenciado nos habilita a, digamos assim, treinar os outros, passar os conhecimentos para os outros, para que se desenvolva cada vez mais a qualificação, análise, de biomassa, de biogás, de biometano no País”.  

O projeto Cibiogás, começou em 2008, com a criação do OBSERVATÓRIO de Energias Renováveis para América Latina e o Caribe. Em 2012, em parceria com outras instituições, ganha ainda mais força ao se tornar um importante aliado para ajudar a atender às metas energéticas acordadas na RIO+20. 

Escrito por João Mota com a supervisão de Francielle Zancanaro.


Última modificação feita em Sex, 27 de Maio de 2016 11:05
Avalie este artigo
(0 votos)
João Mota

Os último(s) artigo(s) de João Mota

voltar ao topo